A Armadilha das Garotinhas



Acho que algumas pessoas confundem o fato de as meninas em puberdade, jovens e adolescentes, quando naquela fase hormonal crítica, em que precisam aflorar sua sexualidade, com um comportamento oferecido e promíscuo.

Meninas são meninas, e um adulto em busca de inocência para perverter suas taras é sempre um risco.

Não apoio ou promovo abuso de crianças e adolescentes, mesmo abordando com frequência a sexualidade juvenil, baseada nas minhas experiências quando menina e quando adolescente.

Gosto de ver tarados ridículos se dando mal. E as meninas estão cada dia mais espertas. O bastante para fazer da vida de um possível tarado um total inferno e fracasso.



Amo safadezas. E sei que meus amigos por aqui também amam. Mas amamos o consenso. A inocência deve ser respeitada no seu limite.


Você não sabe quem o fez


Trate bem nosso bebê. Mesmo que você jamais descubra quem realmente o fez.




Qualquer cantinho que me dê prazer


Lembro bem do quanto eu me sentia tensa em semanas de provas na escola. Sempre que eu podia, encontrava um jeito de relaxar um pouquinho entre as aulas. E funcionava bem.





Pervertendo os desenhos animados

Simplesmente adoro!
Queria ter visto cada versão pervertida dessas antes de ter visto os desenhos pela primeira vez!
Sempre imaginei essas coisas!









Tantos cachorros

Já beijei tanto homem cachorro por aí, que um dia ainda me deixo levar.






Às vezes não sinto atração por negros.


Mas logo depois suplico pra não deixar nada de fora.




Contradizendo o ditado

ADORO quando o Ulisses, do Blog Sonho de Manso, diz isso:
"Lamento informar: Lavou, continua usada!"





Pareço oferecida?


Se eu parecer estar me oferecendo, pode ter certeza: Estou mesmo.






Sem amor

Por hoje, sem amor algum, ok?




O que eu falo te choca?

Imagina então se você soubesse o que imagino, e não falo?






Aprendi a esperar

Já conheci homens por quem valia a pena esperar a minha vez. Foram poucos. Mas valeu esperar cada segundo.




Castigo para ciumento


Tá com ciuminho?

Então vai fazer inventário de cada camisinha que eu trouxer pra casa, até que o ciúme passe.






Os garotos para quem não dei

As circunstâncias da vida me fizeram dar para muitos garotos que eu não queria dar, e muitas fases minhas.

Mas houve muitos garotos pra quem não dei, e gostaria de ter dado. Até hoje dou pensando neles.





Calcinhas problemáticas

Eu já escutava isso de minha mãe, agora tenho que ouvir toda hora de meu marido:
"Que fim levaram aquelas calcinhas que te dei?"

Como vou saber? Quando percebo, já não estou com elas.




Orgulho do papai


Papai morre de orgulho de mim. Nunca tiro notas baixas.




Supresa de mãe

Em resposta à pergunta da mamãe, de "o que significa isso no seu quarto, minha filha?"

"Significa que não tive tempo de arrumar o quarto depois do final de semana, mamãe. Desculpe!"


Cantadas baratas?


"o telefone do cachorrinho?" (risos!)

Acho que quando chegarmos em casa, ele não vai querer te ligar. Terá coisa melhor pra fazer depois do banho.





Desculpe, papai, se não sou pura

Acho graça, os homens preferirem mulheres putas, e desejarem que as mulheres que educam sejam santas.


Pode rachar de raiva. Tudo o de pior que você já fez com a mais vil das vadias em um puteiro, sua filha desejará um dia que seja feito com ela. E você mesmo se recusando, será pai de uma vagabunda feliz. Ou de uma santinha frustrada.


O poder do exemplo

Mulher é mãe por natureza. E mulher é exemplar por natureza.
Nada é mais forte do que o exemplo. Pense nisso, pois seu exemplo arrastará independente do que você ensine. É isso que você quer? Que então seja.





Tantos cachorros


Já beijei tanto homem cachorro, que um dia me deixo levar pela ideia.





Se por um lado existem homens filhos da puta, que apenas me usam, me sujam e deixam imunda:



Há um homem maravilhoso, que me ama, me limpa e me purifica.

Educando as novas gerações

Chega um momento em que as mulheres ficam maternais. E nesse momento, tudo o que queremos, é passar adiante as coisas que aprendemos na vida para as novas gerações.


E entre os jovens, muitos são os que a sociedade já ensina a serem machistas, pegadores, comedores, malandros e superficiais. E algumas mulheres mais velhas até tiram suas casquinhas desses moleques mais jovens.

Mas poucas são as que se preocupam em educar também os que tem um talendo submisso, pra aprenderem a não sentirem culpa de experimentar o outro lado: o de homem manso, felxível e submisso. Inclusive, tenho uma conhecida que é quase tão infiel quanto eu, com anuência e permissão do marido. E já educa o filho pra seguir o mesmo caminho. Não sei se aprovo completamente, mas a verdade é que são todos muito felizes.

E você, o que acha que deveria passar para as novas gerações?


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...