DESEJO POR UMA "JEBA"


Quando um homem me mostra um pênis "deste tamanho", confesso que perco um pouco a referência. Chego a não me importar com os defeitos que ele tenha, me sinto desafiada a "abrigar" seu membro em mim.



No fundo, me sentiria como um animal. Como uma potranca sento varada por um garanhão. 
(E eu juro que faria, se aguentasse).



11 comentários:

  1. TENHO 25 ANOS, SOLTEIRA, E GOSTARIA DE ESPRIMENTAR UM CARALHO ASSIM GRANDE NA MINHA CONA, PARA VER SE O AGUENTAVA TODO DENTRO DE MIM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, tennho 23 anos, uma cacetão! se quiser é só entrar em contato
      nathan171@bol.com.br

      Excluir
  2. Já tenho 50 anos e sou casada,mas desconhecia que houvesse um pausão assim em qualquer ser humano.Deve ser delicioso uma mulher sentir a sua cona preenchida com um pénis de semelhantes dimenções além do goso final que o mesmo lhe porporcionará.Gostaria de esprimentar algo assim, enquanto mantivesse estã vontade de foder apesar da idade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hum...adoro as coroas, com todo o respeito, são as que mais gostam da coisa,
      tenho 23 anos e um cacetão, se tiver interessada..
      nathan171@bol.com.br

      Excluir
  3. SOU UMA PORTUGUESA TÃO SAFADA, APENAS COM 22 ANOS, QUE JÁ SENTI DENTRO DA MINHA CONINHA, UM CARALHO SEMELHANTE,CUSTOU A ENTRAR MAS DEPOIS AS SENSAÇÕES FORAM MARAVILHOSAS.NO MEU TRASEIRO É QUE NÃO CONSEGUI AGUENTAR

    ResponderExcluir
  4. Minha mulher sonha em algum dia poder ter um caralho assim grande dentro dela.Pois costuma dizer que ejaculo muito rápido e não lhe dou o prazer que ela quer e tem necessidade...Eu ultimamente em nossas relações depois da penetração não consigo aguentar muito tempo e pronto e ainda fica com fome de mais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passei alguns anos a meditar nos ciumes que teria da minha esposa dar para outro homem, mas desejava conceder-lhe a oportunidade de concretizar o sonho de sentir um caralho bem grande dentro dela, e exprimentando assim um outro prazer sexual. Nunca obtinha qualquer orgasmo comigo, pois eu ejaculava tão rápido que o seu prazer era nulo. Falei com ela se estaria disposta a ter uma experiência sexual com outro homem. Começou a chorar, se eu sabia bem o que estava a propor-lhe, que não era nenhuma galdéria para abrir as pernas a qualquer homem que depois fizesse chantagem, para a querer foder sempre que tal lhe apetecesse. Pensei entretanto que se fosse um acompanhante masculino não haveria esse perigo. Ao falar-lhe novamente no assunto confirmei que não me importava e até gostaria de a ver ter orgasmos com outro homem, caso não houvesse qualquer ipótse de posterior chantagem. Dessa vez já não chorou e perguntou-me como seria isso possivel. Expliquei-lhe do acompanhante masculino, que pagando-lhe para o efeito, êle, como profissional, nunca iria fazer chantagem. Apesar deste argumento ainda ficou indecisa. Afirmei-lhe que essa experiência em nada alterava o meu amor para com ela. Não decidida ainda em aceitar, pediu-me tempo para pensar. Quando nós tranzava-mos e lhe fazia sexo oral, segredava-lhe que era o acompanhante desconhecido que estava com ela, o que a excitava ao ponto de assim obter orgasmos. Passados meses foi ela a dizer-me que estava disposta a aceitar desde que eu participasse também e se tudo ocorresse em nossa casa, mas antes do encontro que desejava ver uma foto do homem com quem iria ser repartida. Procurei na internet, contactei alguns, aos quais pedi fotos de corpo inteiro, de preferncia nus e se possivel com erecção. Foi a minha esposa que escolheu, convidei-o para almoçar connosco; assim haveria tempo não só para minha esposa descontrair, como para eu igualmente ir assimilando a ideia de a repartir com outro homem, ver esse mesmo homem fode-la e dar-lhe o prazer que não conseguia obter comigo. O acompanhante, de nome Victor, ficou radiante com a minha esposa, disse-me depois que esteve tentado a não aceitar qualquer pagamento, porque êle é que deveria pagar para ter relações com tão sexy mulher. Ela segredava-me que, apesar da excitação que lhe provocava a presença do Victor, tremia de vergonha só de pensar em ficar nua na frente dêle, quanto mais abrir a pernas depois para êle meter nela. Passamos parte da tarde sem saber como iniciar o relacionamento, até que decidi ir com a minha esposa para o quarto e chamar depois o Victor. Apenas comigo despiu-se, ficando só com as cuéquinhas bastante reduzidas, que afastei de entre as suas pernas para o sexo oral, que iniciei e só depois chamei o Victor, o qual entrar no quarto logo começou a despir-se. Notei que a minha esposa fechou o olhos. Tal como haviamos combinado o Victor usaria perservativos. Êle colocou um e aproximando-se do rosto da minha esposa colocando o seu grande e grosso mastro entre lábios dela. Ela exitou em abrir a boca mas por pouco tempo, quando a abriu, segurou de imediato o caralho com as mão para não lhe atingir a garganta. Foi o inicio para descontrair. Começou a gemer, não sei se do sexo oral ou do felátio que fazia. Por não haver espaço para descrever tudo quanto ocorreu, só direi que mudamos de posições, o Victor para o meio das pernas de minha esposa e eu para sua boquinha. Êle antes de a penetrar também lhe fez um prolongado minete, fazado-a gemer de prazer, contudo quando a penetrou é que ela gritou mesmo, dizendo que era muito grosso e eu, ao ouvi-la dizer isso e vendo que tudo aquilo entrava nela até aos colhões, confesso que senti prazer. A minha esposa rebolava as ancas, gemendo e gritando para ir mais fundo, que estava a ter orgasmos multiplos. Foderam nas mais variadas posições, comigo acareciado sempre o seu corpinho nu. Nunca o Victor se esporrou, só ela teve orgasmos. A minha esposinha adorou a experiência e eu regosijo-me com o seu prazer. Já disse que não se importava de repetir se eu concordar.

      Excluir
  5. paulacriocarj@hotmail.com4 de janeiro de 2013 18:49

    Eu ja chorei num pau desses.

    ResponderExcluir
  6. Ola sou moreno 26 anos tenho um pau grande grosso estou afim de sexo c esposas liberais de belo horizonte entre em contato genho fotos do meu pauzao charlinho22@hotmail.com

    ResponderExcluir
  7. Quando confessei para minha esposa minhas fantasias de vê-la com outro(s), aos poucos ela foi se soltando e disse que meu pau era maior e mais grosso que o pau de todos os ex dela ( Meu pau tem 16,5 cm x 3,5 cm, ou seja um pouco maior e mais grosso que a média ).
    Quando ela finalmente resolveu assumir a puta que existia dentro dela, disse que queria um pauzudo.
    O escolhido foi um pauzudo de 21 cm x 5,5, ou seja, quase o dobro da grossura do meu.
    Chegamos inclusive a fazer dp vaginal.
    Foi preciso bastante gel e ir enfiando com cuidado.
    Dp vaginal, é o que há de mais excitante.

    ResponderExcluir
  8. Creio que toda a mulher, sexualmente ativa, fica excitada na presença de tão apetecível instrumento. Tenho esperança que o meu marido me conceda uma menagem masculina com alguém que possua algo semelhante.

    ResponderExcluir

Cada comentário contribui para a vontade de postar mais, e melhor. Comente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...