A Arte de Enfrentar os Homens


Não há dúvida de que eles são maiores, mais fortes, mais virís, e geralmente detém os postos de mais poder.



Mas os homens tem uma coisa que os faz muito frágeis: Eles são homens.

Se são dominadores, têm como fraco justamente a entrega e submissão. Se são submissos, têm a feminilidade dominadora como fraco. 

Não importa como sejam, homens são fracos. Homens tem como seu fraco a mulher, ainda que não sejam héteros. Até mesmo os Gays tem como fraco, a mulher que lhes serve de referência, e é tudo que não podem ser.

Entendam: Homens são frágeis. Por que é assim que sentem prazer em viver.

8 comentários:

  1. Não quero desrespeitar o seu ponto de vista, mas acho que você subestimou demais os homens... Nós somos melhores do que isso!

    ResponderExcluir
  2. Acha mesmo, "Spartacus"? Então me diga, alé de você mesmo, que certamente se acha "melhor que isso", outro que também o seja. ;-)

    ResponderExcluir
  3. Sim, os homens são melhores do que isso, e quando afirmo isso não estou dizendo que as mulheres são piores. Não confunda.
    O que eu quero dizer é que as mulheres cometem o erro de achar que os homens podem ser facilmente definidos, o que não é verdade. Nós somos tão complexos quanto vocês mulheres, com a diferença que não ficamos questionando isso para não termos que ficar dando explicações.
    Outra coisa. Sei que não foi a sua intenção, mas você foi um tanto quanto preconceituosa e muito infeliz ao afirmar que os gays tem como referência as mulheres, e que nunca poderão ser como elas.
    1º - 99% dos gays estão, com o perdão da palavra, cagando para as mulheres, assim como as lésbicas estão cagando para os homens.
    2º - Nem todo gay quer ser mulher... eu diria que a maioria não quer.
    3º - Os homens que se prestam a ser mulheres dão mulheres muito bonitas (mais bonitas do que muitas mulheres de verdade), ao contrário das mulheres, que por mais bonita que ela seja, nenhuma consegue se tornar um homem bonito.
    No mais, achei seu blog bem interessante, e desculpe se eu me excedi.

    ResponderExcluir
  4. Baronesa,

    conheci seu blog a pouco tempo, gostei do seu jeito, talvez porque eu goste de vadias, e não preciso me explicar pra você que isso não é uma ofensa.

    Já fui casado, a muitos anos com uma caleda suja como você, acredito que ela dava suas saídas quando estava no cio.

    Mas não curto a fantasia do corno, estou mais para o cafetão que coloca suas putas pra trabalhar, mas claro, minha ex foi um amor especial.

    Como dizia, conheci o blog a pouco tempo e já li tudo, e este post específico parece um pouco diferente, como se não fosse escrito pela mesma pessoa. Até então seu texto não me remetia a um rancor pelos homens mas este o fez.

    Desculpe, mas as vezes seu texto me parece ser escrito por um homem, culto por sinal.

    Bom... que seja, uma ótima semana a você e seus leitores.

    E quem sabe um dia encontro uma puta como você, ou você quem sabe afinal existem tantos acontecimetos inacreditáveis e inespicaveis. Uma puta que seja isso mesmo uma vadia que adora rola, mas que aceite um macho viríl e tarado pra colocá-la em seu devido lugar.

    Você nasceu para servir os homens, você é isso e tem mais é que abrir suas pernas ou se deixar ser abusada, uma vadia ativa ou uma santa estuprada.

    Quanto ao garanhão ou quem sabe um cachorro... posso prepará-la penetrando você com minha mão e depois você será fêmea para eles em quanto assisto ou te abro para sentí-los.

    Claro que com certeza é mais que isso, mas aí são detalhes para a intimidade a dois e depois do sexo ou até em um dia sem sexo, deitada em meu peito em quanto faço um cafuné e conversamos besteras da vida.


    Fique bem!
    Dasvidania. ;)

    ResponderExcluir
  5. Não da trela pro Spartacus que ele é Troll

    ResponderExcluir
  6. Ka:

    Olá, cheguei nesse site por acaso, enquanto procurava imagens na internet. Não era leitor, mas dei uma boa olhada no blog e achei algumas coisas interessantes. Gostaria de dizer que sou livre de qualquer inibição social.

    Nesse post, senti-me obrigado a comentar, não só porque é diferente do que eu acredito (até porque muitas coisas aqui o são), mas porque você generalizou completamente. Deixe-me discordar da sua opinião:

    Ok, praticamente todos os homens transariam com uma mulher que estivesse nua em sua frente, mas, por mais que eu goste de sexo, não é qualquer mulher que me instiga e me dá tesão e, sendo assim, já deixei de transar com várias mulheres que me "atacaram".

    Você pode dizer: sua testosterona está em baixa e, por isso, você tem pouco apetite sexual.

    Na verdade, minha testosterona é, pelo menos, 3 vezes maior que o maior 'valor de referência', fruto da minha dieta carnívora e principalmente da prática de artes marciais e do militarismo. Ou seja, meu desejo sexual é brutal, mas EU estou no controle, e não meu pênis, meu hormônio ou uma mulher. Como disse, não sou pra qualquer uma, nem qualquer uma me satisfaz.
    Eu sinto que esse diferencial faz com que cada vez mais mulheres me provoquem e me ataquem. E quanto mais eu transo, mais tenho certeza que não é qualquer mulher que me satisfaz, o que me faz escolher ainda melhor as minhas seletas parceiras.

    Aqui abro uma observação curiosa: todas as ruivas com quem transei pediram pra parar na metade, sem exceção, principalmente depois de orgasmos múltiplos (a maioria cai no sono!). Não teve uma ruiva que aguentasse sexo animal intenso!

    O que eu vejo hoje é uma sociedade masculinizada e escrava de bundas e peitos (não só homens).
    Vejo mulheres frágeis a espera DO GRANDE HOMEM que as fará tremer na base, gozar, se sentirem PLENAMENTE MULHERES, e quando ele chega, elas não estão preparadas pra ele.
    Vejo mulheres casadas que procuram avidamente homens que sejam FORTES e ao mesmo tempo sejam SENSÍVEIS com os sentimentos delas, pois quanto mais forte uma mulher demonstra ser, mais espessa é a armadura que ela criou pra proteger sua fragilidade.

    Praticamente todas as casadas com quem me relaciono procuram num homem basicamente as mesmas coisas: bom sexo (com dominação, variação, emoção...), atenção e cuidado, não ser necessitado, liderança, capacidade de prover diversão e variedades e alguém que lhes tire o medo. Sempre faltam algumas dessas coisas em seus maridos, e então elas me encontram (em geral porque uma amiga contou suas experiências) e eu dou a elas o que lhes falta em casa. O preço que cobro é bastante baixo:
    1) Só transar comigo, pois mulher bem comida é mulher de um homem só - maus maridos não merecem sexo (muitos já nem procuram a mulher e alguns passam a comer putas);
    2) Tentarem me satisfazer;
    3) Se produzirem e ficarem gostosas e cheirosas pra mim;
    4) Serem mães e esposas amorosas;
    5) Dar a desculpa da "psicóloga" pros seus maridos;
    6) Fazer exame de sangue;
    7) Não usar drogas.

    Pra concluir, mulheres querem homens FORTES e SENSÍVEIS, mas existem:
    1) O frágil e insensível, que não sabe lidar com a fragilidade das mulheres;
    2) O frágil e sensível, que sabe lidar com os sentimentos das mulheres - que é o caso do seu marido;
    3) O forte e insensível, que só quer saber de gozar e foda-se a mulher; e
    4) O forte que sabe lidar com os sentimentos das mulheres.

    OBS: Não me refiro à força física.
    OBS 2: Todas as mulheres são frágeis e buscam incessantemente alguém que lhes dê segurança.

    ResponderExcluir
  7. Além de devassa, tem conteúdo..... Além de delicioso navegar pelas páginas de seu blog, é agradavelmente surpreendente poder deparar com esses seus enigmas......

    ResponderExcluir
  8. Penso assim: homem frágil é aquele que não conhece o próprio ponto fraco. Os fortes são aqueles que sabem de seus pontos fracos e trabalham para melhorar. Os homens são consideramos fracos por trabalharem para melhorar.

    ResponderExcluir

Cada comentário contribui para a vontade de postar mais, e melhor. Comente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...